Trabalhando com DiskUtil para resolver problema de particionamento de disco

Algumas vezes o Disk Utilites pode não trabalhar da forma que deveria. Uma das cenas que já peguei foi o problema de um disco externo não particionar mais. A solução foi ir para a linha de comando e utilizar o diskutil que possui uma quantidade maior de flags de comando disponíveis para manipular discos.

Veja o exemplo abaixo:

diskutil erasedisk hfs+ External GPT /dev/disk2

Neste comando acima estamos dizendo para limpar o disco /dev/disk2 que é um disco externo utilizando o file system hfs+

 

Recuperando a senha do usuário Root do MySQL no Plesk

Olá pessoal, se você já tentou executar o reset de senha do usuário root no Plesk já deve ter encontrado problemas. Talvez seja até este motivo de você ter chegado até aqui.
A verdade é que o Plesk administra as senhas dos usuários root do MySQL de uma forma diferente. Estas senhas são gravadas em um arquivo e criptografadas dentro do file system.
Continue reading

Acesso super usuário do MySQL no PLESK

Olá galera, este short article diz respeito ao metódo para habilitar de acesso com super usuário no MySQL. Por padrão na instalação do Plesk muda do nome do usuário root para admin.
A forma de acessar como super usuário é:

mysql -uadmin -p`cat /etc/psa/.psa.shadow`

  • O plesk armazena a senha do usuário root do MySQL em /etc/psa/.psa.shadow

 

Não esqueça de remover os arquivos excluídos do seu repositório remoto do GIT

O Git é fantástico e a ideia de ter uma versão de todos os arquivos do deploy é fantástica. Mas convenhamos se vai atualizando o repositório local incluindo, alterando os arquivos o por que não deletar os arquivos de repositório remoto ? Bom a dica abaixo é simples e não demora nem dói para ninguém executar este comando:


git ls-files --deleted -z | xargs -0 git rm 
git commit -m "update deleted"
git push -u origin BRANCH_AQUI

 

Problemas com servidor SMTP

Alguns dos problemas mais comuns em servidores de e-mail são as listagens mágicas em lista de SPAM. Algumas no caso temos até que pagar para que seja tirado da lista algo que realmente as vezes temos que contar com a sorte.

Bom a primeira coisa a fazer se o seu servidor de SMTP está com problemas é saber se o IP do servidor está listado em alguma lista. Para isto você pode usar sites como o

http://blacklistscan.com/dnsbl-check

Ele possibilita a visualização da maioria das listas anti spam.

A segunda coisa  a fazer é verificar o score do servidor. O score é um número que identifica se o servidor está apto ou não a enviar mensagens de forma “segura” para servidores de e-mail como Gmail, Outlook, Yahoo etc.

Para verificar o score utilize sites como o

https://www.senderscore.org/

ele possibilita verificar o score do seu server.

Um dos problemas mais comuns em servidores de e-mail são a regras de envio para servidores da Microsoft. Muitas vezes ao enviar mensagens para os servidores Hotmail/Outlook.com retoram mensagens de código 500. Bom a primeira coisa a fazer é verificar os dois passos acima e então submeter uma solicitação para eles através de um formulário na internet

https://support.microsoft.com/en-us/getsupport?oaspworkflow=start_1.0.0.0&wfname=capsub&productkey=edfsmsbl3&locale=en-us&ccsid=636252697017493475

Se tiver dúvidas com algum problema deste tipo ou tem alguma dica para adicionar aqui no post envio nos comentários

Google lança lousa digital Jamboard

O Google lançou nesta semana a lousa digital chamada de Jamboard. Apesar recursos interessantes o que mais espanta é o preço.
Ela sai por uma bagatela de US$ 5.000,00 no Brasil sem taxas e roubalheiras sairia por R$ 15.000,00.

Especificações técnicas:

  • Suporte a caneta Google Stylus
  • USB 3.0
  • USB Tipo C
  • Bluetooth
  • HDMI 2
  • Câmera frontal
  • Sistema Operacional Android
  • Tela de 55 polegadas 4K

Comando Top com músculos

O comando Htop é o comando top com músculos. Com ele o administrador tem um acesso a ferramentas que pode auxiliar no debug ou auditoria. A instalação no Debian/Ubuntu é muito simples basta rodar o comando:

apt-get install htop

Certificados SSL gratuítos para sua loja

Let’s Encrypt é um projeto open source apoiado pela Linux Foundation que disponibiliza um certificado SSL gratuíto para seus projetos. O projeto foi criado com a ideia de construir uma internet mais segura utilizando criptografia SSL de até 4096bits. Uma iniciativa fantástica e que faz o mercado de segurança da informação se mexer para oferecer produtos mais eficientes uma vez que agora temos algo que é de graça.

O certificado pode ser adicionado em qualquer projeto através de APIs, ou em provedores de hospedagem como a IndieWorks já disponibilizam a instalação automáticamente. A renovação deve ser feita a cada 90 dias e pode ser feita através do próprio painel de controle da IndieWorks Dashboard.

A IndieWorks já disponibilizou gratuítamente o certificado Let’s Encrypt para todos os seus clientes. Basta solicitar via painel de controle.

O diagrama de funcionamento de autorização das chaves no Let’s Encrypt funciona da seguinte forma:

howitworks_authorization

Saiba mais sobre os certificados SSL gratuítos em
https://indieworks.com.br/certificado-digital-gratis.html