Infra de servidores do Google

Fazendo uma pesquisa encontrei uma imagem que me chamou a atenção, deêm uma olhada na base de clustering de servidores do Google, ao contrário de servidores elegantes de última geração máquina Pentium MMX em máquina semi-abertas:

Google Infra

Posted in Sem categoria

Scripts de inicialização do Apache 2 e MySQL para Mac OS X Leaopard

Para facilitar o processo de inicialização do Apache e MySQL no OSX Leopard eu resolvi criar dois scripts que iniciam e finalizam os daemons de ambos os serviços, abaixo estou descrevendo o código fonte e as instruções de como utilizar cada um deles:

Criando o scripts:
Primeiramente  é necessário criar um diretório para armazenar os scripts de  inicialização  eu optei em manter o padrão de estrutura de arquivos e diretórios Unix armazenando todos os arquivos dentro do diretório /etc, criei um diretório chamado lamp2.inits

sudo -s
mkdir /etc/lamp2.inits
Continue reading

Posted in Sem categoria

Compilando o Nmap no Mac OS X Leopard

Neste tutorial iremos mostrar como é simples compilar o port scanner Nmap no Mac OS X Leopard.

Software utilizado:
Sistema Operacional Mac OS X Leopard 10.5
XCode
Hardware
MacBook White
Processador Intel Core 2 Duo 2 Ghz
1 GB RAM DDR2 667 Mhz

O processo de instalação inteiro demorou pouco mais de 5 minutos entre o download, descompactação e compilação.

Primeiramente vamos baixar o pacote do Nmap na URL: http://download.insecure.org/nmap/dist/nmap-4.53.tar.bz2

Depois de baixar o pacote, abra o terminal Applications/Utilites/Terminal e execute os comandos abaixo:

sudo -s

bzip2 -cd nmap-4.53.tar.bz2 | tar xvf –
cd nmap-4.53
./configure CPP=/usr/bin/cpp
make
su root
make install

Pronto seu Nmap já estará pronto para execução…

Posted in Sem categoria

Instalando o Exim4 no Ubuntu Server

O Ubuntu Server está chegando a um nivel de maturidade respetável, a poucos dias comecei a fazer alguns testes com a distro e constatei que a Canonical realmente está fazendo um bom papel, a distribuição possui os mesmos conceitos do segurança do Debian Gnu/Linux ( minha distribuição favorita ).

Neste tutorial irei mostrar como configurar o servidor MTA Exim4 no Ubuntu Server:

Software utilizado:
Ubuntu Server 7.10
Exim4

Hardware
Celerom 2.4 Ghz
512 MB RAM
HD 20 GB

Instalação
Iniciaremos o processo de instalação baixando os pacotes necessários através do APT:

sudo apt-get install exim4 exim4-base exim4-config

 Configurando
Para configurar é muito simples basta entrar com o comando abaixo:

sudo dpkg-reconfigure exim4-config

Os arquivos de configuração serão salvos no arquivo /etc/exim4/update-exim4.conf.conf

Para concluir é necessário gerar o arquivo de configuração com as alterações feitas:

sudo update-exim4.conf

A configuração gerada é armazenada no arquivo: /var/lib/exim4/config.autogenerated

Para iniciar o daemon do Exim basta entrar com o comando abaixo:

sudo /etc/init.d/exim4 start

Pronto o seu Exim já está pronto para ser utilizado !!!

Posted in Sem categoria

Instalando o MySQL no Mac OS X Intel.

Neste documento estaremos mostrando um exemplo prático de configuração do MySQL na plataforma Apple Mac OS X ( Intel ).

OBS: Primeiramente lembre-se de instalar o XCode e o Developer Tools para compilar o MySQL, nestes pacotes está contigo o GCC, CPP e outras Libs necessárias para compilação dos softwares na plataforma Apple.
Baixando os pacotes necessários
Baixe o pacote mysql-5.0.51.tar.gz direto do site do MySQL http://www.mysql.com/downloads e depois descompacte o pacote com o comando:

tar -zxvf mysql-5.0.51.tar.gz
após descompactador entre no diretório mysql-5.0.51 e entre com o comando de configuração abaixo:

./configure –prefix=/usr/local/mysql
–with-unix-socket-path=/usr/local/mysql/run/mysql_socket
–with-mysqld-user=mysql –with-comment –with-debug

depois execute os comando de compilação make e make install para finalizar.
Criando base de dados padrão
Após ter compilado o MySQL execute o comando abaixo para criar a estrutura de tabelas padrão, este comando irá criar dentro do diretório /var a estrutura de tabelas do MySQL.

/usr/local/mysql/bin/mysql_install_db –force

Agora que compilamos e criamos a estrutura de tabelas está na hora de criar o diretório padrão para o socket do MySQL, para isso execute o comando abaixo:

mkdir /usr/local/mysql/run

A estrutura de diretórios de seu MySQL deve fica como a descrita abaixo:

% ls -Fla /usr/local/mysql/
total 26
drwxr-xr-x 13 root wheel 1024 Jun 5 13:42 ./
drwxr-xr-x 11 root wheel 1024 Jun 5 12:19 ../
drwxr-xr-x  2 root wheel 1024 Jun 5 12:20 bin/
drwxr-xr-x  3 root wheel 1024 Jun 5 12:19 include/
drwxr-xr-x  2 root wheel 1024 Jun 5 12:19 info/
drwxr-xr-x  3 root wheel 1024 Jun 5 12:19 lib/
drwxr-xr-x  2 root wheel 1024 Jun 5 12:20 libexec/
drwxr-xr-x  3 root wheel 1024 Jun 5 12:20 man/
drwxr-xr-x  6 root wheel 1024 Jun 5 12:21 mysql-test/
drwxr-xr-x  2 root wheel 1024 Jun 5 13:42 run/
drwxr-xr-x  3 root wheel 1024 Jun 5 12:20 share/
drwxr-xr-x  7 root wheel 1024 Jun 5 12:21 sql-bench/
drwx——  4 root wheel 1024 Jun 5 13:37 var/

Permissões:
Para setar as configurações de usuário e permissões utilize o exemplo abaixo:

sudo chgrp -R mysql /usr/local/mysql
sudo chown -R mysql /usr/local/mysql/run /usr/local/mysql/var

Repare no exemplo abaixo nas colunas do UID e GID os owners das pastas:

% ls -Fla /usr/local/mysql
total 26
drwxr-xr-x 13 root  mysql 1024 Jun 5 13:42 ./
drwxr-xr-x 11 root  wheel 1024 Jun 5 12:19 ../
drwxr-xr-x  2 root  mysql 1024 Jun 5 12:20 bin/
drwxr-xr-x  3 root  mysql 1024 Jun 5 12:19 include/
drwxr-xr-x  2 root  mysql 1024 Jun 5 12:19 info/
drwxr-xr-x  3 root  mysql 1024 Jun 5 12:19 lib/
drwxr-xr-x  2 root  mysql 1024 Jun 5 12:20 libexec/
drwxr-xr-x  3 root  mysql 1024 Jun 5 12:20 man/
drwxr-xr-x  6 root  mysql 1024 Jun 5 12:21 mysql-test/
drwxr-xr-x  2 mysql mysql 1024 Jun 5 13:42 run/
drwxr-xr-x  3 root  mysql 1024 Jun 5 12:20 share/
drwxr-xr-x  7 root  mysql 1024 Jun 5 12:21 sql-bench/
drwx——  4 mysql mysql 1024 Jun 5 13:37 var/

Iniciando o MySQL
Para iniciar o MySQL, levando em consideração que todos os passos anteriores já tenham sido executados utilize o exemplo abaixo para iniciar o daemon do MySQL:

sudo /usr/local/mysql/bin/mysqld_safe –user=mysql &

Segurança
A segurança básica do MySQL é criar uma senha para o usuário root, para isso é super simples, com o MySQL rodando e você logado como super usuário execute o comando abaixo:

/usr/local/mysql/bin/mysqladmin -u root password sniggle

Have funnnn……

Posted in Sem categoria

Sun compra MySQL AB por US$ 1 Bilhão.

A Sun confirmou neste 16/01 a compra da MySQL AB por US$ 800 milhões em dinheiro e US$ 200 milhões em ações, confirmado no Blog do CEO Jonathan Schawartz
“O CEO da Sun, Jonathan Schwartz, publicou em seu blog a notícia de que a Sun vai comprar a MySQL AB, empresa por trás de um dos sistemas de bancos de dados de Código Aberto mais populares.”

Com isso só esperamos que a licença do software não mude ou ainda clientes tenham que começar a pagar por licenças que já estejam rodando.

Estamos de olho…

Posted in Sem categoria

XAMPP – Instalando o Apache 2, MySQL 5 e PHP5 em exatos 20 segundos.

Já imaginou instalar o LAMPP como Apache 2, PHP 5.x e MySQL 5.x em 20 segundo tudo no ar e funcionando ??? impossivél ?? que nada o XAMMP é um aplicativo pré-compilado no qual o usuário simplesmente descompacta um tar.gz e inicia um daemon e pronto esta tudo online, a solução é interessante para usuários de plataformas Gnu/Linux, OSX e Windows que precisam de um LAMP para desenvolvimento de forma rápida e funcional.

– URL do projeto:
http://www.apachefriends.org/

– Aplicativos e Bibliotecas contidas:
Apache 2.2.6, MySQL 5.0.51, PHP 5.2.5 & 4.4.7 & PEAR + SQLite 2.8.17/3.3.17 + multibyte (mbstring) support, Perl 5.8.7, ProFTPD 1.3.1, phpMyAdmin 2.11.3, OpenSSL 0.9.8e, GD 2.0.1, Freetype2 2.1.7, libjpeg 6b, libpng 1.2.12, gdbm 1.8.0, zlib 1.2.3, expat 1.2, Sablotron 1.0, libxml 2.4.26, Ming 0.3, Webalizer 2.01, pdf class 009e, ncurses 5.8, mod_perl 2.0.2, FreeTDS 0.63, gettext 0.11.5, IMAP C-Client 2004e, OpenLDAP (client) 2.3.11, mcrypt 2.5.7, mhash 0.8.18, eAccelerator 0.9.5.2, cURL 7.13.1, libxslt 1.1.8, phpSQLiteAdmin 0.2, libapreq 2.07, FPDF 1.53, XAMPP Control Panel 0.6 .

– Como instalar:
Baixe o arquivo, e execute os seguintes comandos:

tar xvfz xampp-linux-1.6.5a.tar.gz -C /opt


depois entre no diretório /opt e execute o comando

./lampp start

pronto o LAMPP já estará pronto para rodar.

Posted in Sem categoria