Reviews: REVIEW BLACKBOX 0.70

Artigo retirado do site UnderLinux.com.br

Para come?ar vou explicar os motivos desse documento:
1 – Porque eu adoro esse WM
2 – Muita gente tem d?vidas sobre o BB
3 – Muita gente n?o sabe o que tem de novo nessa vers?o e quer saber se compensa migrar
4 – Mostrar que apesar dele ter uma janela totalmente limpa, nao quer dizer que ele n?o tenha suas ferramentas, alias isso ? o que mais mais tem.

Primeramente vou explicar as principais mudan?as dele, o Changelog completo est? dispon?vel em:
http://cvs.sourceforge.net/viewcvs.py/blackboxwm/blackbox/ChangeLog?rev=HEAD

Suport a Xft
O Xft ? o respons?vel pelo anti-aliasing das fontes, para quem n?o sabe, anti-aliasing ? para evitar que as fontes fiquem serrilhadas, deixando elas mais nitidas.

Suporte a texturas de bordas
Agora qualquer textura pode ter largura e cores que quiserem

O ~/.blackboxrc agora n?o ? escrito na entrada ou saida do BB.
Agora ele ? apenas escrito quando alguma mudan?a for feita. Isso quer dizer que voc? pode editar o arquivo com o BB rodando.

Suporte para always-on-top e always-on-bottom
Caso voc?s nao conhe?am isso ? para deixar uma janela sempre acima ou abaixo das outras de uma maneira fixa. Mas agora voc? me pergunta para que usar isso? Simples, existem v?rios motivos, por exemplo, o gkrellm, voc? pode deixar ele always-on-top para ver o que ocorre com sua m?quina.

Suporte a tela cheia.
? tela cheia hein! N?o tela maximizada (isso ele jah tinha :P)

Suporte a todos os tipos de janelas EWMH(Extended Window Manager Hints)
Por exemplo, janelas de m?ltiplos desktops, docks,etc.

Agora ? poss?vel desabilitar a barra de ferramentas completamente.
Por que isso ? util? ? ?til em uma m?quina que n?o deve ser “fu?ada”.

Quando a barra de ferramentas n?o estiver sendo usada, ela ser? removida da janela, e ser? criada novamente quando for necess?rio.

O formato dos estilos(styles) mudou. Voc? pode utilizar a ferramenta, bbstyleconvert, para migrar os estilos da versao 0.65 para 0.70. (Se alguem encontrar essa ferramenta me avise, porque eu nao achei)

O formato do arquivo ~./blackboxrc mudou, mas ele ser? automaticamente convertido pelo pr?prio blackbox.

Como voc?s viram foram umas s?rie de mudan?as, umas mais simples, e outras muito importantes. Agora vamos come?ar a falar dos Addons do BB. N?o vou falar de todos pois s?o muitos, ent?o vou me ater aos que funcionam nesta vers?o.

BBKEYS: http://bbkeys.sourceforge.net/
Com ele voc? pode configurar as teclas de atalho para o BB, por exemplo (ALT+F4 fecha a janela). A vers?o 0.9.0 ? recomendada para essa vers?o do BB.
A instala??o dele ? bem simples:

./configure –prefix=/usr && make && make install
Depois copie o arquivo:
cp /usr/share/bbkeys/bbkeysrc ~/.bbkeysrc

Para executar o bbkeys execute: bbkeys&

DOCKER: http://icculus.org/openbox/2/docker/docker-1.5.tar.gz
O docker ir? ser carregado no BB e ir? funcionar como um “system tray” ou mais conhecido como area de notifica??o. Programas como o GAIM ir?o reconhecer o docker e ir?o funcionar com ele normalmente como se fosse qualquer outro ambiente X. Como assim? Por exemplo, se voc? minimizar o GAIM e receber uma mensagem, ela ir? aparecer no docker.
NOTA: N?o se assuste se voc? instalar o docker e n?o aparecer nada quando voc? o executar, ele s? ficar? “vis?vel” se alguma aplica??o que utilize docking estiver rodando.
A instal?o dele ? ainda mais simples:

make && make install (como root)

Apenas com essas duas ferramentas ? poss?vel ter um desktop limpo, r?pido, muito est?vel e que requer um m?nimo da sua m?quina. Se alguem quiser outros aplicativos para o BB basta acessar: http://blackboxwm.sourceforge.net/BlackboxAddons/Software

AAAAA Como eu fa?o para esses programas iniciarem automaticamente?
Muito f?cil, edite o arquivo ~/.xinitrc
O meu est? assim:

gkrellm & bbkeys &
exec /usr/bin/blackbox

Assim ele inicia automaticamente o gkrellm e o bbkeys

Ainda est? em d?vida se deve utilizar o BB? Ent?o veja alguns screenshots da minha tela e mude de id?ia 😛 (voc? nunca mais vai querer saber do KDE)

Screen1
Screen2
Screen3
Screen4

Espero que isso tenha esclarecido suas d?vidas, caso ainda tenha alguma pergunta utilize o forum 😉

Posted in Sem categoria

Clonando de HD's

Essa ? para os adminstradores de redes que precisam fazer um clone de hd para qualquer fins seja backup de seguran?ae troca de hd, sem ter que parar o que a m?quina est? fazendo, seja ela um servidor de emails, web, GW de rede local ou wireless.

Lembrando q os hds n?o precisam ser do mesmo tamanho, apenas o hd origem deve suportar o tamanho que est? sendo usado no hd destino.

O ?nico momento em que vc precisa parar a maquina, ? para colocar o hd destino na m?quina como slave, inicializar a m?quina tudo normal vamos a m?o na massa.

Plataforma usada :
AMD Athlon XP 2.2 c/ 512 RAM HD Maxtor 40G 7,200 RPM
Slackware 9.1 kernel 2.4.22 c/ 2 parti??es hd origem
hda1 / ext3
hda2 swap

1? Passo, Particione seu hd destino preferencialmente da maneira que est? no de origem, utilizei no evento o particionador CFDISK.
hdb1 /
hdb2 swap

2? Passo, Formate a parti??o /
mke2fs /dev/hdb1

3? Passo, Ative a parti??o /
tune2fs -j /dev/hdb1

4? Passo, Formate a parti??o Swap
mkswap /dev/hdb2

5? Passo, Crie a pasta na raiz do sistema onde voc? ir? montar a filesystem do hd destino.
mkdir /novohd

6? Passo, Monte o FileSystem na parti??o /
mount -t ext3 /dev/hdb1 /novohd

7? Passo , Clonando o HD :
tar cf – –exclude novohd ./ | tar xvfp – -C/novohd/

Espero que esse artigo seja ?til a todos …

Clonando de HD’s

Essa ? para os adminstradores de redes que precisam fazer um clone de hd para qualquer fins seja backup de seguran?ae troca de hd, sem ter que parar o que a m?quina est? fazendo, seja ela um servidor de emails, web, GW de rede local ou wireless.

Lembrando q os hds n?o precisam ser do mesmo tamanho, apenas o hd origem deve suportar o tamanho que est? sendo usado no hd destino.

O ?nico momento em que vc precisa parar a maquina, ? para colocar o hd destino na m?quina como slave, inicializar a m?quina tudo normal vamos a m?o na massa.

Plataforma usada :
AMD Athlon XP 2.2 c/ 512 RAM HD Maxtor 40G 7,200 RPM
Slackware 9.1 kernel 2.4.22 c/ 2 parti??es hd origem
hda1 / ext3
hda2 swap

1? Passo, Particione seu hd destino preferencialmente da maneira que est? no de origem, utilizei no evento o particionador CFDISK.
hdb1 /
hdb2 swap

2? Passo, Formate a parti??o /
mke2fs /dev/hdb1

3? Passo, Ative a parti??o /
tune2fs -j /dev/hdb1

4? Passo, Formate a parti??o Swap
mkswap /dev/hdb2

5? Passo, Crie a pasta na raiz do sistema onde voc? ir? montar a filesystem do hd destino.
mkdir /novohd

6? Passo, Monte o FileSystem na parti??o /
mount -t ext3 /dev/hdb1 /novohd

7? Passo , Clonando o HD :
tar cf – –exclude novohd ./ | tar xvfp – -C/novohd/

Espero que esse artigo seja ?til a todos …

Posted in Sem categoria

Gerando outro arquivo de configura??o para o X

Estava pensando se no Linux outro xorg.conf n?o poderia ser gerado pelo pr?rio X, rodando pela WEB encontrei em um site l? de fora algo que ajudaria pacas, BASTA digitar o seguinte comando logado como root:

Isso resolve uma s?rie de problemas, no meu caso foi o mouse que ficava no canto direito superior da tela quando eu entrava em algum ambiente.

$su
# X -configure

Ele faz uma chacagem de teclado, placa de v?deo e mouse (aquele que cisma em ficar no canto da tela quando se entra em algum ambiente tipo KDE e etc). O danadinho vai gerar o xorg.conf.new e pronto basta substitu?-lo no diret?rio /etc/X11

(Utilizando o comando mv para mov?-lo)

Para que as configura??es possam entrar em vigor, reinicie o X.

Posted in Sem categoria